Radio Catanduvas
Publicidade
Catanduvas/SC
Min.
Máx.
Lucro líquido gerencial do Santander Brasil vai a R$ 3,4 bi no 4º tri (+23,73%)
30/01/2019

O Santander Brasil reportou lucro líquido gerencial, que não exclui o ágio de aquisições, de R$ 3,405 bilhões no quarto trimestre do ano passado, cifra 23,73% superior à vista em idêntico intervalo de 2017, de R$ 2,752 bilhões. Na comparação com os três meses imediatamente anteriores, quando ficou em R$ 3,108 bilhões, a alta foi de 9,5%.

No ano de 2018, o lucro líquido gerencial do Santander foi a R$ 12,398 bilhões, incremento de 24,6% em relação ao de 2017, que ficou em R$ 9,953 bilhões. Assim, o banco superou a meta que Sergio Rial, presidente do Santander, teria prometido aos funcionários da instituição, em festa de final de ano de 2017, de chegar em uma cifra de R$ 12 bilhões no exercício passado.

Além disso, com tal desempenho, o Santander Brasil manteve o posto de maior fonte de lucro para o conglomerado espanhol no ano passado. Seu desempenho representou uma fatia de 26%, que já vinha sendo observada de janeiro a setembro de 2018.

"Em menos de quatro anos reposicionamos a nossa organização, por meio de uma estratégia claramente definida, o que nos permitiu atingir maior patamar de retorno. Em 2018, mesmo com crescimento em ritmo moderado dos indicadores de atividade econômica, fomos capazes de crescer dois dígitos a carteira de crédito em relação a 2017, expandindo de forma rentável nossa participação de mercado", destaca o Santander, em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras.

A carteira ampliada de crédito do Santander foi a R$ 386,736 bilhões ao final de dezembro, elevação de 1,6% ante setembro e de 11,2% em 12 meses. O destaque ficou com pessoas físicas, financiamento ao consumo e pequenas e médias empresas, que subiram no período. Já o crédito a grandes empresas encolheu 5,0% no trimestre e 3,6% no comparativo anual.

O Santander encerrou o ano com patrimônio líquido de R$ 64,572 bilhões, queda de 0,4% ante o terceiro trimestre, mas alta de 10,2% em um ano. Seu retorno sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) bateu o recorde de 21,1% no quarto trimestre ante 19,5% no terceiro. No ano, o indicador melhorou 3 pontos porcentuais, para 19,9%.

Os ativos totais do Santander no Brasil somaram R$ 805,819 bilhões no quarto trimestre de 2018, aumento de 4,7% ante o mesmo período do ano anterior, de R$ 769,990 bilhões. Ante 12 meses, quando a cifra foi de R$ 683,732 bilhões, o aumento foi de 17,9%.

Ajustado

O Santander divulgou ainda lucro líquido societário de R$ 3,336 bilhões no quarto trimestre de 2018, cifra 33,55% maior que a vista um ano antes, de R$ 2,498 bilhões. Ante o terceiro trimestre, cresceu 9,8%. No ano de 2018, o lucro líquido societário do banco foi a R$ 12,166 bilhões, elevação de 52,1% ante 2017, de R$ 7,997 bilhões.

O Santander comenta seus resultados anuais e do quarto trimestre às 10h30 desta quarta-feira, 30, em teleconferência com analistas e investidores e depois, a partir das 11h15, em coletiva de imprensa, na sede do banco, em São Paulo.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO
Rancho do Tatu
09:30 as 12:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Rua Ipê salas 101/102 - Catanduvas/SC
Ligue agora
(49) 3525-1717
Horário de atendimento
08:00 AS 18:00 HS